O que é FinOps? Entenda como esse conceito pode ajudá-lo a economizar 

FinOps. Talvez este termo soe estranho para alguns, mas saiba que sua relevância é indiscutível, principalmente nessa era dominada por serviços de […]

9 outubro, 2023
O que é FinOps? Entenda como esse conceito pode ajudá-lo a economizar 

FinOps. Talvez este termo soe estranho para alguns, mas saiba que sua relevância é indiscutível, principalmente nessa era dominada por serviços de nuvem que armazenam e executam todos os processos e ambientes virtuais que nos cercam. 

Agora, pense na seguinte situação: você é um líder de TI ou da parte tecnológica do negócio, e a cada dia que se passa, o desafio de controlar os custos relacionados parece crescer. 

Nos diga: você reconhece o sentimento? 

É como se equilibrar em uma corda bamba, tentando gerenciar os gastos com a nuvem sem cair no abismo de comprometer a qualidade e o desempenho das entregas

Eis que surge o FinOps, a luz no fim do túnel, um conceito que vai além de somente economizar dinheiro. Não, não se trata apenas de contar moedas. É sobre abrir caminho para uma gestão financeira na nuvem mais perspicaz e estratégica. 

Neste artigo, vamos desvendar o que realmente é o FinOps

Prepare-se para uma transformação na maneira como você enxerga seus recursos na nuvem. 

Porque, acredite, a questão vai além da economia por si só, é sobre investir com sabedoria e olhar para um futuro mais promissor, mais eficiente, onde cada decisão conta. 

E sabe aquela sensação de caminhar na corda bamba? Com o Financial Operations, ela pode se transformar em uma caminhada tranquila em terreno firme. Vamos lá? 

O que é Finops? 

FinOps, diminutivo de Financial Operations (Operações Financeiras), é uma revolução na forma como as empresas enxergam e conduzem seus investimentos na nuvem. 

Não se trata apenas de uma metodologia ou de uma lista de boas práticas. 

É um movimento, uma forma nova de unir finanças, tecnologia e negócios em uma dança harmônica, que proporciona uma visão cristalina dos custos de cloud computing e ilumina o caminho para uma tomada de decisão financeira mais sábia. 

Vamos simplificar

Imagine o FinOps como uma orquestra, com cada instrumento desempenhando sua parte em controlar as despesas da nuvem. 

  • Otimização de recursos? Sim, é o violino tocando. 
  • Monitoramento contínuo? Os metais ressoam com clareza. 
  • Modelagem de custos e governança financeira? São os percussionistas mantendo o ritmo. 

Essa abordagem multifacetada não apenas toca uma melodia agradável aos gestores do negócio, mas reverbera em toda operação de TI. 

Bom e por que essa “música” é considerada um hit e está cada vez mais em pauta nas empresas? 

Veja bem: a complexidade das estruturas de nuvem está cada vez maior, bem como seus custos. Com isso, a necessidade de uma condução mais afinada nunca foi tão evidente

Uma pesquisa recente da Flexera, o 2021 State of the Cloud Report, revelou que 92% das empresas já possuem uma estratégia multi-cloud em operação. 

É aqui que o Financial Operations se destaca, como um maestro. 

Essa forma de agir é capaz de transformar a complexidade em simplicidade, de modo com que as empresas compreendam seus investimentos na nuvem de maneira diferente, mais concentrada. 

A integração de aspectos financeiros, tecnológicos e operacionais cria uma sinfonia estratégica, alinhando os gastos aos objetivos da empresa. 

Conheça os princípios do Finops 

O universo do Financial Operations é tão funcional pois é delineado por princípios, definidos pela própria FinOps Foundation, um projeto que busca disseminar a disciplina ao redor do mundo. 

Esses princípios atuam como os pilares que sustentam a estrutura inteira, oferecendo a base necessária para manter o equilíbrio em um ambiente em constante evolução. 

Vamos explorar esses princípios, entendendo como eles compõem a alma da disciplina: 

1. Equipes precisam colaborar 

  • Integração dinâmica, quase em tempo real, entre finanças, tecnologia, produtos e negócios para aprimorar a eficiência e fomentar a inovação, criando uma teia de interdependência. 
  • Colaboração em todos os níveis da operação da nuvem, tecendo um ambiente sinérgico no qual as ideias convergem e florescem. 

2. Decisões são orientadas pelo valor comercial da nuvem 

  • Foco em métricas que espelham o valor real, transcendendo o custo, apresentando a nuvem como uma fonte pulsante de inovação. 
  • Equilíbrio inteligente entre custo, qualidade e velocidade, atuando como um catalisador para ampliar o impacto nos negócios. 

3. Todos assumem a responsabilidade pelo uso da nuvem 

  • Delegação meticulosa da responsabilidade pelos custos da nuvem, uma cadeia desde a arquitetura até a operação. 
  • Empoderamento das equipes para moldar e gerir seus próprios recursos e orçamentos, semeando um solo fértil para uma otimização personalizada. 

4. Os dados FinOps devem ser acessíveis e oportunos 

  • Compartilhamento ágil de dados, uma corrente de informações que alimenta a eficiência. 
  • Análise constante de tendências e benchmarking, um farol para iluminar as melhores práticas e desvendar oportunidades ocultas. 

5. Equipe centralizada para conduzir o FinOps 

  • Uma força motriz que inspira e facilita práticas ideais, teia em uma estrutura de responsabilidade coletiva. 
  • Centralização de funções estratégicas, como negociação de taxas e otimização de compromissos, para capitalizar as economias de escala. 

6. Aproveita do modelo de custo variável da nuvem 

  • A empresa deve se adaptar ao modelo de custo variável, encarando-o como uma oportunidade, não um risco. 
  • Adoção de planejamento ágil e design proativo, uma dança flexível que ajusta continuamente para aperfeiçoar a nuvem. 

Esses princípios não são meros guias teóricos, são as estrelas do norte (north stars) da gestão de custos na nuvem, iluminando o caminho para práticas mais coesas, eficientes e alinhadas com a visão da organização. 

À medida que a nuvem se entrelaça cada vez mais no tecido do mundo corporativo, a aplicação com maestria desses princípios torna-se a chave que abre a porta para a nuvem ser uma vantagem estratégica. 

Qual a importância do Finops na sua empresa? 

O Financial Operations desempenha um papel fundamental na gestão moderna de TI, um vetor para otimização financeira e operacional. 

Abaixo, separamos os principais aspectos que ressaltam a importância dessa disciplina para sua empresa, e como pode ser uma parceira valiosa para a equipe de liderança: 

Controle de gastos em TI 

  • Essa disciplina fornece ferramentas e metodologias para monitorar e gerenciar os custos da nuvem em tempo real. 
  • Evita o desperdício de recursos e permite a alocação mais eficaz de investimentos, alinhando-os com as necessidades reais da empresa. 

Evita surpresas na fatura da nuvem 

  • A transparência na análise de custos e o acompanhamento proativo ajudam a identificar variações e potenciais problemas antes que eles se transformem em despesas inesperadas. 
  • A modelagem de custos possibilita a previsão de gastos futuros, evitando surpresas desagradáveis. 

Maior transparência financeira 

  • O FinOps promove uma visibilidade clara e compreensível dos custos, garantindo que todos os níveis da organização entendam onde e como o dinheiro está sendo gasto. 
  • Essa clareza fortalece a tomada de decisão informada, permitindo um alinhamento mais preciso entre as metas financeiras e as estratégias de negócios. 

Segurança para a organização 

  • A governança financeira fortalecida pelo Financial Operations cria uma estrutura sólida para a gestão de custos, minimizando riscos. 
  • A implementação de práticas consistentes dessa disciplina garante conformidade com regulamentações e padrões da indústria, proporcionando maior segurança. 

Melhores decisões sobre investimentos em TI 

  • O FinOps oferece insights valiosos para a avaliação do ROI em tecnologia. 
  • A colaboração entre as equipes financeiras e técnicas facilita a avaliação de trade-offs, ajudando a empresa a investir sabiamente em soluções que forneçam valor real. 

Operação mais eficiente e com melhor retorno 

  • A abordagem integrada do Financial Operations ao planejamento, monitoramento e otimização de recursos da nuvem contribui para uma operação mais enxuta e responsiva. 
  • Esse alinhamento dinâmico ajuda a empresa a responder mais rapidamente às mudanças nas necessidades do mercado, garantindo uma vantagem competitiva. 

Em resumo, é mais do que uma simples metodologia de gestão de custos. 

É uma estratégia abrangente que promove uma cultura de responsabilidade e transparência, habilitando a empresa a crescer e inovar com confiança. 

Como superar desafios e realizar a implementação do Finops na sua empresa 

A implementação bem-sucedida do Financial Operations pode ser uma alavanca significativa para o controle e otimização de custos na nuvem, mas envolve desafios que precisam ser superados com estratégia e planejamento. 

E como fazer isso? Confira os passos essenciais: 

  • Escolher a Ferramenta Apropriada: invista em uma solução que ofereça monitoramento em tempo real, análise e automação, adequada ao tamanho e à complexidade da sua infraestrutura na nuvem. 
  • Estabeleça Métricas Claras: defina indicadores-chave de desempenho (KPIs) que refletem os objetivos de negócios, permitindo medir e otimizar a eficiência dos custos de forma objetiva. 
  • Treinamento da Equipe: certifique-se de que a equipe tenha o conhecimento e a capacitação necessários para gerenciar e otimizar os recursos da nuvem de acordo com os princípios da disciplina. 
  • Cultivar a Cultura de Otimização de Custos: promova uma mentalidade em que todos na organização assumem responsabilidade pelos custos, incentivando a colaboração e a inovação em prol da eficiência. 
  • Implementação Contínua: o FinOps não é uma solução pontual, mas um processo evolutivo. Mantenha-se aberto a ajustes e refinamentos contínuos para garantir que o Financial Operations permaneça alinhado com as mudanças nas necessidades e metas da empresa. 

A implementação dessa disciplina é um investimento estratégico que pode transformar a forma como sua empresa utiliza a nuvem. 

Com a abordagem correta, essa prática pode ser uma fonte duradoura de eficiência, transparência e inovação.  

Se você está pronto para embarcar nessa jornada e quer continuar aprofundando seu conhecimento sobre esse tópico essencial, não deixe de acompanhar nosso blog. 

Estamos constantemente compartilhando insights e orientações para ajudar você a alavancar a nuvem com inteligência e eficácia. 

Confira outros posts do blog da Vericode

Compartilhe este artigo

Fale com a Vericode

Precisa de um especialista em criar soluções digitais para sua empresa? Agende um contato de negócios e fale com um Vericoder. Iremos lhe apresentar uma proposta de negócios atraente e de alto impacto.

Contato de negócios

Inscreva-se em nossa newsletter

Newsletter da Vericode sobre assuntos de engenharia de software de alto desempenho, metodologias de QA, testes e transformação digital.

Quero receber conteúdos exclusivos
pt_BRPT