Low code: entenda como funciona e quais vantagens esse recurso pode trazer ao seu negócio

Descubra o poder do Low Code no desenvolvimento de software! Explore benefícios, aplicações e dicas práticas para implementar essa tecnologia! O mundo […]

5 dezembro, 2023
Low code: entenda como funciona e quais vantagens esse recurso pode trazer ao seu negócio

Descubra o poder do Low Code no desenvolvimento de software! Explore benefícios, aplicações e dicas práticas para implementar essa tecnologia!

O mundo da tecnologia, muitas vezes, presenteia profissionais com soluções simplificadoras. É o caso do Low Code, um recurso de desenvolvimento que dribla paradigmas e começa uma revolução sutil no desenvolvimento de aplicações.

Imagine otimizar o tempo, algo tão valioso e muitas vezes pouco aproveitado, nos negócios? O Low Code é essa ponte que conecta agilidade com robustez, oferecendo um atalho produtivo em um terreno marcado por etapas prolongadas e complexidades técnicas.

E adivinhe só: a resposta para evitar os complexos processos do desenvolvimento tradicional pode estar a alguns cliques de distância. Então, interessou? É só seguir a leitura conosco para entender tudo sobre o conceito, seus benefícios e como usar em seus projetos. Vamos lá?

Low Code: o que é?

Hoje, o nível técnico do código já não é mais o único pilar do desenvolvimento. Por isso, o Low Code emerge como uma proposta intrigante e nova. O conceito é autoexplicativo: menos linhas de código, mais velocidade na entrega.

Enquanto o desenvolvimento tradicional nos faz mergulhar em linhas scripts e muitas complexidades, o Low Code simplifica tudo isso, proporcionando um canvas mais acessível para criar soluções digitais.

Na prática, é a convergência da elegância com a eficiência, nas quais aplicações nascem com menos atritos codificáveis e mais fluidez criativa.

Nesta dança entre praticidade e tecnologia, somos conduzidos a um tipo de desenvolvimento que celebra não só a robustez, mas também a agilidade e a simplificação do universo do software.

Hoje, de acordo com dados reunidos pela Kissflow, o mercado possui 5 vezes mais apps Low Code do que há 5 anos atrás, o que resulta em 500 milhões apenas em 2023.

Low Code ou No Code: afinal, quais as diferenças?

Interessante esses dois termos, não é? Low Code e No Code, enquanto semelhantes, são distintos em sua teoria e prática. Que tal entender?

Vamos puxar um exemplo. Imagine um cenário de construção:

No universo Low Code, você tem em mãos ferramentas simplificadas para edificar sua estrutura. Aqui, você ainda é um arquiteto, mas trabalha com blocos pré-fabricados à disposição.

Já no terreno No Code, a estrutura já está esboçada, e sua função é organizar, otimizar e personalizar sem necessidade de manipular o alicerce codificado.

A distinção sutil, mas crucial, é essa: enquanto o Low Code ainda dialoga com o código, o No Code converte todo projeto para uma interface gráfica intuitiva, permitindo inovações sem necessariamente imergir nas profundezas da programação.

O importante é que, juntos, ambos têm alto potencial de revolucionar o mercado de desenvolvimento.

De fato, ainda conforme os dados da Kissflow, ambos os tipos de plataforma podem ajudar a reduzir o tempo de desenvolvimento em até 90%.

Interessou? Que tal conhecer as vantagens dessa solução?

Entenda os benefícios do Low Code

E aí, vamos entender juntos o que o Low Code pode oferecer ao seu negócio? Citamos alguns dos principais exemplos, veja só:

Mais agilidade no desenvolvimento

Este é o ponto: desenvolver com mais velocidade, reduzir os ciclos de iteração e entregar valor mais rapidamente.

O Low Code permite um desenvolvimento acelerado, pois remove complexidades, oferecendo componentes pré-construídos que podem ser facilmente adaptados conforme a necessidade do projeto.

É uma questão de utilizar blocos de construção já validados para estruturar suas aplicações, cortando tempos de espera e elevando a eficiência no ciclo de vida do desenvolvimento.

O resultado? Projetos que se movem do conceito para a comercialização em tempos recordes.

Acessibilidade no desenvolvimento

A democratização do desenvolvimento de aplicações é outro ponto alto quando falamos de Low Code.

Com interfaces visuais amigáveis e intuitivas, o design e a implementação de aplicativos tornam-se mais acessíveis a uma variedade de profissionais, mesmo aqueles com conhecimento técnico limitado.

Isso significa que, da sala de reuniões ao departamento técnico, diversos colaboradores podem contribuir para a concepção de uma aplicação, diversificando os inputs e, muitas vezes, gerando soluções mais alinhadas com as necessidades multifacetadas da empresa.

Aqui, o desenvolvimento torna-se uma jornada coletiva, na qual múltiplas perspectivas convergem para criar uma solução robusta e bem-arredondada.

Flexibilidade de desenvolvimento

A flexibilidade é uma força motriz no Low Code.

Esse método propicia a capacidade de adaptar e modificar soluções rapidamente, atendendo prontamente às exigências do usuário final.

Alterações, iterações e ajustes tornam-se menos onerosos e mais rápidos, assegurando que a aplicação permaneça relevante e alinhada com os requisitos dinâmicos do negócio.

Em um ambiente onde as necessidades dos usuários e as condições de mercado evoluem com velocidade, a agilidade e facilidade de adaptação não são apenas vantajosas, mas cruciais para a sustentabilidade e competitividade no mercado.

Automação de tarefas

No universo Low Code, a automação surge como uma resposta eficaz às complexidades operacionais, proporcionando a criação de fluxos de trabalho automatizados que simplificam os processos e otimizam a produtividade.

Possibilita, assim, a redefinição de operações. Assim, permite que as equipes possam direcionar seus esforços para questões estratégicas, enquanto tarefas repetitivas e processos são orquestrados automaticamente pela plataforma.

Nessa vertente, a automação se desenha como um elo fundamental na cadeia produtiva, suprimindo lacunas operacionais e assegurando uma execução de tarefas mais precisa e consistente.

Mais produtividade

A produtividade é catalisada na esfera do Low Code por meio da eficiente utilização de recursos e da aceleração de ciclos de desenvolvimento.

A plataforma proporciona aos desenvolvedores a capacidade de executar com maior eficácia, aproveitando componentes reutilizáveis e funcionalidades pré-desenvolvidas.

Essa maximização do tempo e do esforço investido na criação e ajuste de aplicações resulta em uma operação mais enxuta, permitindo que as equipes aloquem seu tempo de maneira mais estratégica, focando na inovação e na criação de soluções que proporcionem um valor agregado real ao negócio e aos seus usuários finais.

Como usar o Low Code nos projetos da sua empresa?

Explorar as potencialidades do Low Code nos projetos significa dar às mãos a inovação, agilidade e personalização.

Utilizar plataformas do tipo para desenvolver soluções sob medida, seja na criação de aplicativos personalizados, automação de processos ou prototipagem, é dotar a empresa de um mecanismo ágil e eficiente, independente de expertise técnica especializada.
A abordagem de low code para teste vem ganhando destaque como uma solução eficaz para acelerar o processo de desenvolvimento, reduzir custos e aumentar a flexibilidade.

Muitas equipes têm se beneficiado da plataforma Dott.ai, uma solução de low code para teste potencializada por IA, que proporciona uma abordagem intuitiva e eficiente para a criação de aplicações. Trata-se de uma plataforma que proporciona uma colaboração harmonizada entre times de desenvolvedores, possibilitando simplificar tarefas complexas e focar mais na inovação.

A Vericode, nomeada como empresa Líder no ISG Provider Lens™, te oferece este produto. Explore um pouco mais da Dott.ai!

Desenvolvimento de aplicativos móveis

Empregar Low Code no desenvolvimento de aplicativos móveis, sejam nativos ou híbridos, permite que as empresas materializem ideias de forma acelerada, respondendo rapidamente às demandas e expectativas dos usuários, sem submergir em complexidades técnicas.

Automação de processos empresariais

O Low Code é um aliado no ambiente corporativo, especialmente na automatização de tarefas repetitivas e na otimização de workflows, reduzindo esforços manuais e minimizando margens de erro.

Prototipagem rápida

A agilidade intrínseca ao Low Code proporciona um ambiente propício para a prototipagem rápida, permitindo que conceitos sejam transformados em protótipos funcionais em tempos reduzidos, facilitando testes e validações.

Transformação digital

Ao ser implementado como parte da estratégia de transformação digital, o Low Code viabiliza a digitalização de processos e a implementação de soluções tecnológicas de maneira mais acessível e menos técnica, convergindo para uma operacionalização mais fluida e digitalizada em diversos setores empresariais.

Quando empregado estrategicamente, o Low Code potencializa a entrega de valor e inovação em variadas frentes de um negócio.

E a sua empresa, preparada para essa revolução? Esperamos que esse artigo sirva de guia nessa jornada!

Ah, e que tal se aprofundar mais sobre o universo Low Code e suas aplicações práticas? Fique de olho nas novidades do nosso blog!


Compartilhe este artigo

Fale com a Vericode

Precisa de um especialista em criar soluções digitais para sua empresa? Agende um contato de negócios e fale com um Vericoder. Iremos lhe apresentar uma proposta de negócios atraente e de alto impacto.

Contato de negócios

Inscreva-se em nossa newsletter

Newsletter da Vericode sobre assuntos de engenharia de software de alto desempenho, metodologias de QA, testes e transformação digital.

Quero receber conteúdos exclusivos
pt_BRPT